Top

Cambará do Sul é uma cidade que realmente impressiona, não só por ser um ótimo local de acesso aos Cânions, mas também por seu ar campeiro, sua ótima culinária e um turismo que cresce aos poucos e mostra que a região vai muito além dos incríveis Parques Nacionais, o que já não seria nada mal né, com vista realmente cinematográfica, quem assistiu a minissérie “A Casa das Sete Mulheres” pôde ver um pouquinho, nas cenas que foram gravadas no local!

Estivemos na cidade duas vezes para ver os Cânions e cachoeiras da região, mas ainda pretendemos voltar para explorar um pouquinho mais o local que sempre nos acolheu muito bem!

Se você tem dúvidas de como incrementar o seu roteiro pela cidade, aqui encontrará algumas sugestões de passeio com todas as informações que precisa para decidir o que fazer em Cambará do Sul.

Cânion Itaimbezinho

De uma beleza surreal, Itaimbezinho é um nome em Tupi guarani e quer dizer “pedra afiada”. Fica no Parque Nacional Aparados da Serra que abre das 08h às 17h, fechando as 18h no horário de verão.

Uma curiosidade é que a parte alta do Cânion é território gaúcho, já a parte baixa, onde é possível fazer a Trilha do Rio do Boi, é território catarinense.

Canion Itaimbezinho parada obrigatoria no que fazer em Cambará do sul

Como chegar

O ideal mesmo é que você vá de carro para que possa acessar os Parques com facilidade. Para ir ao Itaimbezinho vai precisar percorrer 18 km do centro da cidade, iniciando na Avenida Getúlio Vargas até a RS-020. Uma parte pequena da estrada será de terra, mas não se preocupe, não há necessidade de um veículo 4×4.

O que fazer

Se encantar muito enquanto admira a imensidão do lugar é algo que com certeza você fará! A entrada do Parque possui um local de recepção, onde antigamente existia uma lanchonete. Ali você preenche um formulário com alguns dados como nome, documento e placa de carro para depois conhecer o local.

São duas trilhas existentes para apreciar o Cânion Itaimbezinho, a Trilha do Cotovelo, que te leva até os mirantes para os cânions e, a Trilha do Vértice, para avistar as cachoeiras das andorinhas e véu da noiva. Ambas as trilhas podem ser feitas no mesmo dia e não possuem a necessidade de um guia já que são bem abertas e sinalizadas.

A Trilha do Cotovelo

É a mais longuinha, com 6 km no total, mas o trajeto é muito lindo e tranquilo de percorrer. Os primeiros 02 km são feitos em um caminho bem aberto, que faz parte de uma estrada antiga que ligava o local ao litoral de Santa Catarina, em uma mata com várias araucárias.

Já o próximo 01 km é todinho destinado a uma vista surreal ao longo da encosta do Canyon, chegando até um mirantezinho de madeira – o cotovelo, onde você consegue ver uns 70% de toda a grandiosidade do lugar. O último horário de entrada na trilha é as 15h.

como é a trilha no Cânion Itaimbezinho
Trilha no Cânion Itaimbezinho

A Trilha do Vértice

Embora seja mais fechada durante o trajeto é também bastante fácil, sem muitos declives e igualmente linda, tendo uma vista de outro ponto do Cânion com as cachoeiras. São 03 km de caminho no total.

Dica

Se você dobrar a esquerda ao invés de pegar a direita para a cachoeira das Andorinhas e caminhar mais uns 500 m, vai encontrar uma casa antiga, uma recepção calorosa e um pastel fritinho na hora, acompanhado de café, no ” Café do Vô Marçal e Artesanato da Vó Maria”.

Quanto custa

R$ 10,00 por pessoa para entrar no Parque.

Quanto tempo preciso para este passeio

Recomendo reservar meio período do dia, para poder fazer as duas trilhas com mais tranquilidade.

Cânion Fortaleza

Está no Parque Nacional da Serra Geral, 7,5 km de extensão para apreciar mais uma vista impressionante de paredões enormes se erguendo do chão, mas desta vez com um pouquinho mais de altura, já que as pedras do Cânion Fortaleza podem chegar até a 1.000 m de altura, enquanto o Itaimbezinho atinge 720m.

O que fazer no Cânion Fortaleza
Vista do Cânion Fortaleza, Cambará do Sul

Como chegar

O Parque fica a 22 km do centro de Cambará do Sul, bastando apenas continuar a Avenida Getúlio Vargas. Apesar de também ser administrado pelo ICMBio, ali você não encontrará nenhuma estrutura além de uma guarita de fiscalização para anotar a sua entrada.

O que fazer

A primeira recomendação que eu daria é para ter bom senso! O local realmente não possui nenhuma estrutura, as pessoas caminham livremente pelo Parque, podendo chegar literalmente na borda dos paredões, com uma queda de 90º e ventos fortíssimos no local, pode parecer trágico, mas acho importante reforçar a necessidade de cuidados.

Com um pouquinho de prudência é possível aproveitar muito o lugar que, em dias limpos, te permite até mesmo ver o litoral! Ali você encontrará três opções de trilha:

  • Trilha do Mirante de Fortaleza
  • Trilha Borda Sul
  • Trilha Pedra do Segredo

A Trilha do Mirante

Apesar do início da trilha ser de subida em uma estradinha de cascalhos ela é de fácil acesso, com 03 km de trilha no total, que inicia logo no estacionamento. Se tiver que escolher uma, sugiro que faça essa trilha, ela vai te permitir ter uma visão quase do Cânion todo!

As trilhas Borda Sul e Pedra do Segredo

Essas duas trilhas iniciam um pouquinho antes da trilha do mirante, você verá uma sinalização. Eu sempre fiquei confusa de como seria a trilha quando buscava informações na internet, é porque seguindo por este caminho logo chegará a parte de cima da Cachoeira do Tigre Preto e, é preciso fazer a travessia do rio por cima da cachoeira para que possa continuar a trilha e avistar a Pedra do Segredo – uma pedra grande apoiada em uma base de 50 cm – e avistar a Cachoeira do Tigre Preto de frente com suas três quedas.

Não conseguimos fazer essas trilhas devido ao mal tempo, foi uma decisão difícil porque queríamos muito, mas definitivamente a mais assertiva para nossa segurança.

Trilha Borda Sul: 09 km no total

Trilha Pedra do Segredo: 03 km no total

Muita neblina nas trilhas do Cânion Fortaleza

Dicas

1.

O tempo nos Cânions é muito imprevisível, podendo a qualquer momento aparecer os nevoeiros que, também a qualquer momento podem se dissolver. Já pegamos, em um mesmo dia, sol e chuva de granizo! Não tem como saber, nem mesmo com um dia de antecedência, como estará o tempo. Minha recomendação quanto aos Parques é, vá pela manhã, quanto mais cedo melhor! É o período do dia com menor probabilidade de neblina.

 

2.

Algumas agências oferecem guia para a Trilha Borda Sul com um piquenique no final, na borda do cânion. Não fizemos, mas parece bem interessante. De qualquer forma, não esqueça de levar água e lanchinhos, a trilha é longa e o Parque não oferece lanchonete.

Quanto custa

a entrada no Parque é gratuita

Quanto tempo preciso para este passeio

Se desejar fazer todas as trilhas aconselho reservar o dia todo. Lembrando que o período da manhã é o mais indicado para conseguir ter visibilidade.

Dica

A primeira vez que fomos estávamos sem carro, ao invés de fechar pacotes com as agências, negociamos um valor com um taxi para nos levar aos locais. Saiu mais barato e, ainda ganhamos um simpático guia local que tinha muita animação em nos mostrar tudo.

Cachoeira do Tio França

Bem pertinho da cidade, a cachoeira fica em uma área particular. É linda e uma ótima opção para se refrescar em dias quentes e contemplar em dias frios. Além do que, o local é pet-friendly!

Cachoeira do Tio França, Cambará do Sul

Como chegar

A cachoeira fica na Estância da Felicidade, indo pela Rua Boaventura Fernandes, a 03 km do centro de Cambará. Como nós gostamos de caminhar fomos a pé até a propriedade, por uma estrada de terra, contemplado as araucárias da região. Foi 01:30 h de caminhada entre ida e volta. Chegando na propriedade, você terá mais 350 m de trilha até a cachoeira.

O que fazer

é um passeio unicamente para conhecer a Cachoeira do Tio França, podendo contemplar ou mergulhar.

Quanto custa

R$ 10 a entrada na propriedade.

Quanto tempo preciso para este passeio

sugiro reservar três horas para que possa ver tudo com calma e aproveitar bem o banho revigorante de cachoeira.

PASSEIO 4X4 – ROTA DAS CACHOEIRAS OU CIRCUITO DAS ÁGUAS

Um passeio que nós fizemos somente na segunda vez que estivemos na cidade e que eu gostei muito foi a Rota das cachoeiras, também conhecida como Circuito das Águas. É um passeio feito em veículo 4×4, passando pela Cachoeira dos Venâncios, pelo Passo do “S” e Passo da Ilha.

Como chegar

este é um passeio que te leva até a cidade São Francisco de Paula, percorrendo 90km no total, entre ida e volta de Cambará, com três paradas no caminho. Embora seja possível fazer o roteiro por conta, caso tenha um veículo 4×4, pois os destinos aparecem no Maps, recomendo muito a contratação de um guia para poder fazer todas as trilhas dos locais e saber certinho por onde passar o carro nas travessias dos lajeados.

O que fazer

apreciar as paisagens entre as paradas, respirar ar puro dos campos no caminho, mergulhar nas cachoeiras, contemplar os rios e fazer muitas poses para fotos no jipe ou veículo no meio dos lajeados! Sem dúvida alguma esse é um passeio completo!

CACHOEIRA DOS VENÂNCIOS

É a primeira parada do passeio, depois de percorrer 23 km e, uma das cachoeiras mais bonitas da região! Mesmo que não faça o Circuito todo, recomento muito que vá conhecer ao menos a Cachoeira dos Venâncios.

A cachoeira é dividida em quatro quedas, sendo possível se banhar somente na queda 01. Para poder acessar as quedas é preciso fazer uma trilha muito curta e de nível fácil.

Durante o passeio de 4x4 em Cambará do Sul passa pela Cachoeira dos Venâncios

PASSO S

É onde fazemos nossa primeira travessia de rio com o carro. Embora seja em um local com o rio muito baixo – os lajeados – da uma adrenalina passar por ali, principalmente se tiver a experiência de dirigir o veículo. O Passo S é um lajeado onde a travessia é feita em um caminho em formato de S.

Depois da travessia, descendo o rio um pouquinho, tem outra cachoeira. Neste ponto existem duas trilhas, uma para poder ter visibilidade e outra para chegar mais pertinho da queda. Ambas são curtas e de fácil acesso.

cachoeira dos Venâncios no passeio em Cambará do Sul

PASSO DA ILHA

A última parada do passeio, na divisa entre Cambará do Sul e São Francisco de Paula. Neste local fazemos duas travessias de carro pelos lajeados no Rio Tainhas, para conhecer uma ilha de araucárias. A ilha é pequenina e muito gostosa para descansar, comer um lanche, se tiver levado e tomar um banho de rio.

No meio dela tem o camping passo da ilha, super estruturado, com barracas prontas com energia elétrica, fogão, geladeira e até um mercadinho.

Quanto custa

Nós fizemos o passeio com veículo próprio, uma Caminhonete S10 Savana 4×4, contratando somente o serviço de guia, R$ 150,00 por pessoa (2017).

Caso decida visitar somente a Cachoeira dos Venâncios por conta: entrada de R$ 10,00

Quanto tempo preciso para este passeio

Ao menos 05 horas para poder aproveitar bem todas as paradas. A saída para o passeio pode ser feita até as 14h, mas eu acho que saindo esse horário o passeio fica muito corrido.

Dica

Se o dia estiver aberto vá com roupa de banho e leve toalhas para o passeio. Caso o tempo esteja incerto recomendo muito que leve uma jaqueta corta vento e uma capa de chuva. Eu não acho que o passeio seja menos lindo com um tempo mais fechado, a única coisa que prejudica são os banhos de rio e cachoeira.

Leve também repelente, protetor solar, água e lanche.

ONDE COMER

A culinária de Cambará do Sul foi uma surpresa muito boa na nossa viagem! Nós realmente amamos os restaurantes que conhecemos e, para mim, fazer boas refeições no friozinho da serra gaúcha fez a viagem ser muito mais especial e tornou esses momentos parte essencial do nosso passeio. Aqui estão excelentes lugares que conhecemos para comer em Cambará

Taberna Crepes e Massas

Jantamos lá uma noite. O ambiente é bem quentinho e acolhedor, os crepes são uma delícia, tanto os salgados quanto os doces e, acompanhados de vinho foi uma boa escolha para nossa noite.

Zuppa Sopas & Afins

As duas vezes que estivemos na cidade fizemos questão de ir neste local. Ele é bem fechadinho, estilo um porão e muito aconchegante. Tem várias opções de cremes vegetarianos deliciosos!

O Casarão Galeteria

Comida farta e caseira sem dúvida define O Casarão, com opções de saladas, polentas, massas, galetos e trutas. Nós almoçamos lá e ficamos satisfeitos com as opções vegetarianas. Eles também abrem para janta.

Padaria Dois Irmãos

Tem muita opção de doces e salgados! Fomos um dia tomar um café da tarde/ janta e gostamos muito!

LOCALIZAÇÃO DOS LOCAIS CITADOS NO POST

Para que você possa se localizar melhor, coloquei no mapa todos os locais citados neste post. Assim é possível visualizar onde estão quando for planejar o que fazer no seu roteiro em Cambará do Sul.

E, se você quiser, nós fazemos um roteiro personalizado para a sua viagem ficar com a sua cara 🙂 Para entender como funciona, clica aqui.

Boa viagem,

pés e patas na estrada

Você esta aqui, então que tal planejar sua viagem pelo blog?

Todas as vezes que você faz uma reserva ou adquire algo através dos links afiliados nós ganhamos uma comissão! Quer dizer que vai ser mais caro então? Não, não vai. O valor é o mesmo para você e, ajuda a manter conteúdos para mais e mais pessoas terem viagens incríveis pelo mundo!

Mas, se você esta ganhando como posso confiar nas suas indicações?

O principal motivo da existência do Pés e Patas na Estrada é ajudar você a fazer escolhas assertivas para a viagem do seu sonho! Só faço parceiras com empresas sérias e que eu mesma uso nos meus planejamentos e indico para as pessoas que amo! Caso contrário, esse trabalho não teria propósito para mim! Alô.

Por isso deixo já aqui minha gratidão pelo seu apoio

Blogueira, atriz, palhaça e apaixonada por viagens, fotografia, audiovisual e escrita. Vive a vida intensamente buscando construir pontes e criar conexões.

post a comment