Top
dicas sobre San Andres Colombia

Com um mar impressionante e preços bem mais acessíveis, San Andres (Colômbia) tem virado um destino queridinho entre os brasileiros, afinal quem não quer mergulhar no mar do Caribe e pagar menos por isso?

Embora seja mesmo verdade que a ilha é o “caribe que você pode pagar” e seu mar tenha realmente sete cores que vão te deixar impressionadíssima, San Andres é um destino que eu  acredito que exige bastante planejamento para ter uma viagem dos sonhos, isso por conta da sua falta de infraestrutura e um pouco de desorganização em relação ao turismo.

Quer dizer que você deva cogitar não ir? De jeito nenhum!!! San Andres foi um dos destinos escolhidos para a nossa lua de mel e eu escolheria novamente se pudesse! Passamos seis dias incríveis lá!

Nesse post vou colocar tudo o que você precisa saber para fazer dessa sua viagem uma viagem inesquecível! Aqui você vai encontrar:

DICAS GERAIS DE SAN ANDRES
QUANTOS DIAS FICAR EM SAN ANDRES
COMO IR DE CARTAGENA A SAN ANDRES
QUAL MOEDA DEVO LEVAR PARA SAN ANDRES E COMO FUNCIONA O CÂMBIO
ONDE FICAR EM SAN ANDRES
ONDE COMER EM SAN ANDRES
COMO SE LOCOMOVER EM SAN ANDRES
QUANTO CUSTA UMA VIAGEM A SAN ANDRES
SUGESTÃO DE ROTEIRO DE 04 DIAS EM SAN ANDRES

DICAS GERAIS DE SAN ANDRES

Nós passamos seis dias na ilha e, com certeza todas as informações que conseguimos obter antes de ir foram essenciais para fazer nossos dias os melhores. Portanto, segue uma listinha do que você precisa saber antes de ir:

 

Qual é a língua falada?

 A população da ilha foi colonizada pela Inglaterra e tiveram muitos escravos trazidos da Jamaica e, somente entre os séculos 18 e 19 passou a ser colônia da Espanha. Por isso lá eles falam uma mistura de criolo, inglês e espanhol. Porém da para se comunicar perfeitamente falando um portunhol e pedindo que falem “despacito, por favor”.

 

Posso ir só com RG? 

Sim, mas atente-se que ele precisa ser atualizado com dez anos ao menos e você precisa estar reconhecível na foto. Se tiver passaporte aconselho que vá com ele, é um documento mais oficial.

Atenção

se o seu voo faz conexão com o Panamá você precisa de passaporte.

Qual a melhor época para ir a San Andres? 

De dezembro a início de maio, que é época de secas. Embora não seja uma região atingida por furacões como outros lugares do caribe, o restante do ano costuma ser época das chuvas, o que pode atrapalhar muito suas férias na ilha.

dica de qual é a melhor época para ir para San Andres
Tabela retirada do site Climate-data.org
Preciso de certificação para febre amarela?

Sim, para entrar na Colômbia é preciso ser vacinado contra a febre amarela e ter a certificação internacional.

 

Para entrar na ilha precisa de uma tarjeta de turismo. O que é e como compro? 

A tarjeta é uma espécie de imposto para entrar em San Andres, pago uma única vez e valido para todos os dias que permanecer na ilha, tanto em San Andres como em Providencia.

Custa R$ 109 mil COP (R$ 128,00) – valor fevereiro 2019 – e você vai comprar provavelmente em alguma conexão de voo, direto no balcão de check-in. Não se preocupe que, se não comprar antes, ao chegar em San Adres vai ter um balcão no aeroporto para que você faça isso, antes mesmo de pegar suas malas. 

A tarjeta só pode ser paga em COP (moeda local), por isso troque ao menos o valor delas no aeroporto para garantir.

importante

guarde os papeis da tarjeta até o ultimo dia, eles serão pedidos no embarque de saída da ilha e, se você não tiver, vai ter que pagar de novo.

Chip de internet

Internet é realmente um problema em San Andres, mesmo usando sinal wi-fi. Nós compramos um chip local da Tigô que funcionou bem em Cartagena, mas em San Andres era um desastre, as vezes funcionava, as vezes não.

Dica

Aconselho muito que compre o chip internacional da Easy SIM. Pelo que vi é o que melhor funciona por lá e você já sai do Brasil com isso resolvido.

Tomadas

Gente, anotem essa dica para todas as suas viagens: sempre verifiquem qual é a tomada usada no seu destino e leve um adaptador! As vezes o hotel pode te fornecer um, mas as vezes não. A tomada na Colômbia é de dois pinos chatos.

QUANTOS DIAS FICAR EM SAN ANDRES

Eu aconselho quatro dias ao menos! Para que você possa fazer os principais passeios com calma e desfrutar também da praia de Spratt Bight. 

Dica

Se puder tirar mais dias de férias, indico muito que vá a Providência, uma ilha próxima a San Andres. Nem tanto pelas praias de Providência, mas para poder conhecer Cayo Cangrejo, o lugar mais incrível que já vi.

COMO IR DE CARTAGENA A SAN ANDRES

Nós fomos pela empresa low cost Viva Air, saiu mais barato do que emitir uma passagem múltiplos destinos com esse trajeto. O avião era daqueles pequenos, mas é seguro. É muito importante que você imprima o seu bilhete para embarcar, caso contrário vai pagar um valor bem alto só por esse serviço. Além disso, tenha em mãos:

  • número do vôo de ida e volta
  • confirmação impressa do hotel onde vai ficar 

Atente-se também a sua bagagem. Geralmente, nesse trajeto você pode ter, sem taxa, uma bagagem de até 10 kg com medidas reduzidas. Mas, a sua mala/mochila realmente precisa caber nas medidas 40x35x25 cm, eles são super chatos com isso! Nós compramos o despacho de mala de 20 kg também, por uma diferença de R$ 58 mil COP (R$ 68,00). 

Além de uma mala extra, compramos a reserva do assento por R$ 9 mil COP (R$ 11,00).

Tempo de voo: uma hora e meia

DICA de como chegar até San Andres

Dica

Sentar do lado direito te dá uma visão melhor da ilha pela janelinha do avião.

QUAL MOEDA DEVO LEVAR PARA SAN ANDRES E COMO FUNCIONA O CÂMBIO

Existe apenas uma casa de câmbio oficial na ilha, a Western Union. Fica em frente ao hotel Casa Blanca, no final de uma galeria e tem sempre uma fila enorme. Nós trocamos o que iriamos usar em Cartagena, a cotação era mais favorável. 

Quanto a moeda, leve dólar! Você pode depositar em uma conta da Western Union no Brasil e sacar lá se quiser, mas eu particularmente sempre levo o dinheiro comigo em uma doleira e nunca tiro do corpo, se vou tomar banho levo junto e deixo ali do ladinho!

A maioria dos locais aceitavam cartão de crédito também. Apenas lembre-se de desbloquear o seu cartão para uso internacional, basta ir na sua agência e solicitar o desbloqueio.

ONDE FICAR EM SAN ANDRES

Essa foi a questão que mais me deixou confusa quando planejávamos nossa viagem, mas depois de estar lá, não me resta dúvida: hospede-se no centrinho! Talvez seja um pouquinho mais caro, mas é a melhor localização, com acesso a pé para tudo: a melhor praia, restaurantes, barzinho, baladas e saída de passeios. Acho que se colocar na ponta do lápis os gastos com taxi ou tempo com o transporte público, a economia de se hospedar em outros locais da ilha nem seja tanta assim. 

Aqui estão alguns hotéis que eu sugiro para ficar em San Andres:

Blue emerald inn

Foi onde nos hospedamos. Por conta de alguns perrengues com outra hospedagem, tivemos que achar um local em cima da hora e ficamos em um quarto sem janela, porém não nos atrapalhou em nada. A cama é ótima, quarto confortável com frigobar, ar condicionado e banho quente. O café da manhã é simples e servido no próprio quarto.

Casa Blanca

um hotel mais moderno, quartos com ducha quente, bem localizado e com excelente avaliação pelos viajantes. O valor é um pouco maior, mas se você puder investir eu acho que vale.

Decameron Isleño

para quem não abre mão de se hospedar com um sistema all inclusive essa é a melhor opção da ilha. Também é bem localizado, bem decorado e tem ducha quente. Mas, pense bem, você vai passar quase o dia todo fora em passeios, talvez não valha tanto assim investir no serviço all inclusive, na minha opinião. 

Olas del Caribe

uma opção mais econômica, mas também super bem localizada, com frigobar, ar condicionado e ducha quente nos quartos. O hotel é novo e, acho que como ponto fraco, é a falta de janelas nos quartos. Mas, como eu disse, nós nos hospedamos em um quarto assim e, para nós isso não foi um problema já que passávamos a maior parte do tempo fora.

Atenção

Chuveiro quente é luxo em San Andres, aliás é luxo na Colômbia, se quiser um na sua viagem é bom verificar antes. Sempre leia as avaliações do local, leia bastante e faça sua reserva em uma plataforma segura que te possibilite pagar a hospedagem somente no local. 

Nós e outros dois casais que conhecemos em nossa viagem, tivemos problemas com a hospedagem. Sempre exija o que você reservou, peça compensação quando não for atendido e, se preciso for, mude de hotel! 

Tivemos que fazer isso e for a melhor decisão. Dormimos somente uma noite no local e, no dia seguinte entramos em alguns lugares e fechamos outra reserva no Blue Emerald Inn, pagando somente a primeira noite no hotel anterior.

Onde comer em San Andres

A culinária de San Andres foi de fato uma surpresa muito gratificante! Nós amamos todos os restaurantes que conhecemos e não tivemos nenhuma dificuldade em sempre encontrar excelentes opções vegetarianas no menu. Vou deixar aqui os nossos preferidos para você saber onde comer em San Andres:

Peru Wók 

Preço: $$

O restaurante é lindinho, tem um deck com uma vista incrível do mar e o melhor custo x benefício na minha opinião, com uma culinária bem ampla apesar do nome. Fica a sete minutos caminhando do centrinho e recomendo muito que provem o ceviche de cogumelo deles.

Eatlley

Preço: $$

Encontramos esse local super por acaso e foi um dos melhores que estivemos. Pedimos brusqueta com berinjelas de entrada e estava maravilhoso. Depois dividimos uma pizza realmente muito boa! O lugar é super aconchegante em uma espécie de beco bem no centrinho. Recomento muito, porém só vá se não estiver chovendo, pois o espaço fechado é muito pequeno.

Dica de onde comer em San Andres
Mister Panino Trattoria

Preço: $$$

O ambiente é acolhedor, mas não apresenta nada de mais em relação a decoração. Nós pedimos brusqueta a la siciliana de entrada e um risoto de cogumelos como prato principal para dividir. Estava muito bom, mas acho que a porção foi pouca para nossa fome.

Café Juan Valdez Café 

Preço: $

Como é uma marca de café bem forte na Colômbia, tem várias pela cidade. Nós fomos em uma bem no centrinho, ambiente super aconchegante, várias opções de café, doces, salgados e tudo por um preço justo. O wi-fi do local também funciona super bem.

La regata 

Preço: $$$

O restaurante tem uma decoração super criativa feita com garrafas e um clima bem caribenho. Abre para almoço e jantar, mas só atende mediante reserva que pode ser feita pessoalmente ou pelo site e o preço é mais salgadinho. Com relação a comida, achamos que ficou um pouco a desejar no sabor, ao menos nas opções vegetarianas, o valor vale mais pelo local mesmo.

como é comer no restaurante la regatta, é muito caro?

Dica

Um outro local que parece ser excelente e com muitas opções é o restaurante do Hotel Casa Blanca. Nós não fomos, mas escutei ótimas recomendações de lá e, por ter um cardápio muito amplo é uma boa opção para grupos.

Não vá embora da Colômbia sem provar a limonada de coco, eu mesma viciei e pedia em todos os lugares!

limonada de coco em San Andres onde tomar DICA

COMO SE LOCOMOVER

Se locomover em San Andres é um pouquinho chato, mas se você estiver hospedado no centrinho pode fazer praticamente tudo a pé, sendo necessário pegar um taxi apenas no trecho aeroporto x hospedagem.

Nossa corrida do aeroporto até o centrinho foi 15 mil COP (R$18,00) durante o dia e, como tivemos que fazer uma corrida de madrugada pagamos 25 mil COP (R$ 30,00). É importante ressaltar que nenhum taxi tem taxímetro, você vai precisar negociar antes o valor.

Na ilha também existe transporte público, mas não chegamos a usar, já que nosso único trajeto necessário era aeroporto x hotel e não tem ônibus do aeroporto para o centro. Mas, pelo que vimos são mesmo poucos trajetos existentes e, os ônibus estão sempre lotados, não recomendo muito.

QUANTO CUSTA

Para ficar mais fácil de ter uma noção dos gastos em uma viagem para San Andres, fiz esta tabela com todos os nossos custos para o casal. Lembrando que o custo de uma viagem é algo sempre muito pessoal, nós estávamos de lua de mel, portanto não fazia sentido para nós economizar em algumas coisas, como refeição e passeios! Eu acho que é possível fazer essa viagem e conhecer a ilha com um valor menor também.

quanto custa viajar para San Andres

SUGESTÃO DE ROTEIRO DE 4 DIAS EM SAN ANDRES

Embora um dos serviços do Pés e Patas na Estrada seja elaboração de roteiros personalizados, como muitas pessoas pedem sugestão de roteiros para menos dias em San Andres, resolvi deixar aqui o que eu considero como imperdível para se fazer e ver na ilha em uma viagem de quatro dias, como uma sugestão mais abrangente, caso deseje algo feito especialmente para você entra em contato com a gente!

DIA 01

Acredito que uma boa forma de começar a conhecer a ilha é avistando ela do alto e, depois conhecendo mais da sua natureza em dois passeios que considero os melhores e mais organizados de San Andres.

  • Vôo de Parasail pela manhã
  • Almoço em Peru Wók, por ser caminho 
  • Passeio com EcoFiwi de tarde
DIA 02

Como são poucos dias o ideal é fazer Johnny Cay e Acuario no mesmo combo, sempre saindo bem cedinho para pegar os lugares menos cheios.

  • Passeio Johnny Cay e Acuario, manhã e tarde.
  • Visita nas lojinhas do centro para compras de noite
DIA 03

É imperdível fazer a volta a ilha, fazendo todas as paradas para mergulhos e fotos, etão para o terceiro dia:

  • Passeio de volta a ilha, dia todo
  • Ida na balada Coco Loco pela noite
DIA 04

Para fechar com chave de ouro, aconselho muito que deixe o último dia para descansar, se recuperar da noite anterior, tomar muito sol e banho de mar sem as correrias de passeios.

  • Dia na Praia de Spratt Bight

 

Se quiser mais dicas sobre passeios, você pode encontrar no post O QUE FAZER EM SAN ANDRES

E, se tiver outras dicas sobre a ilha, deixe aqui nos comentários, assim aumentamos ainda mais o conteúdo para ajudar quem esta indo viajar.

Boa viagem,

pés e patas na estrada

Você esta aqui, então que tal planejar sua viagem pelo blog?

Todas as vezes que você faz uma reserva ou adquire algo através dos links afiliados nós ganhamos uma comissão! Quer dizer que vai ser mais caro então? Não, não vai. O valor é o mesmo para você e, ajuda a manter conteúdos para mais e mais pessoas terem viagens incríveis pelo mundo!

Mas, se você esta ganhando como posso confiar nas suas indicações?

O principal motivo da existência do Pés e Patas na Estrada é ajudar você a fazer escolhas assertivas para a viagem do seu sonho! Só faço parceiras com empresas sérias e que eu mesma uso nos meus planejamentos e indico para as pessoas que amo! Caso contrário, esse trabalho não teria propósito para mim!

Por isso deixo já aqui minha gratidão pelo seu apoio

Blogueira, atriz, palhaça e apaixonada por viagens, fotografia, audiovisual e escrita. Vive a vida intensamente buscando construir pontes e criar conexões.

post a comment