Top

Somos um casal que adora viajar, conhecer novos locais, culturas e nos desafiar. O nosso maior desejo é motivar e inspirar cada vez mais pessoas a saírem de casa para se aventurar pelos lugares e vivenciar experiências significativas em suas vidas, seja em viagens de um mês pela Colômbia ou em um passeio de uma tarde pelo parque/praia/trilha da sua cidade. Para nós, a fala de Amyr Klynk faz um enorme sentido, quando diz que:

Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas árvores e dar-lhes valor. (…) Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver.


– Amyr Klynk

Oi, eu sou a Nath. Nascida no interior de São Paulo, taurina com ascendente em aquário. Minha formação é em Artes Cênicas e, durante muito tempo, trabalhei com teatro de rua. Arte e cultura no geral me encantam muito! Principalmente cultura popular! Me chama para um samba, forró, maracatu que eu vou! Hoje, gerar conteúdo sobre viagem é minha profissão e, sinto que é meu propósito também. Desde de sempre amo viajar! Quando pequena uma das minhas frases recorrentes era “onde vamos passear hoje?”. 

Fico agoniadíssima se passar um final de semana em casa! 

Sou eu que escrevo os posts aqui no blog, espero muito contribuir para a viagem e estilo de vida de vocês! Eu sei que pode ser complexo organizar uma viagem, por isso busco sempre criar conteúdo de valor que facilite o seu planejamento e suas escolhas, ao menos para os locais que conheço, assim, o conteúdo que você encontrar aqui será sempre sobre lugares que eu visitei e experiências que eu tive.

Para mim, viajar é sobre conhecer novos lugares, se sentir imensa ao se perceber pequena no mundo, se despir dos preconceitos e respeitar culturas diferentes da sua, trasbordar emoção pelos poros com as vistas surreais , ter certeza de que não vale a pena juntar coisas, mas viver experiências, de que a gente planeja e planeja e depois aceita o que acontece e esta sempre tudo bem, porque o mundo é enorme e pode ser maravilhosamente acolhedor quando estamos abertos.

Oi, eu sou o Fabinho, sou semente espectral amarela pelo calendário Maia e minha formação é em engenharia ambiental e permacultura. Trabalho em um local chamado Espaço Rural Panaceia, com gestão de resíduos, agroecologia e princípios da Permacultura. Sou doido por adrenalina e amo praticar atividades de ecoturismo! Contribuo com esse espaço de forma indireta, sendo cia da Nath na maioria das suas viagens, incentivando ela nas experiências mais radicais e trazendo reflexões sobre um turismo consciente.

Essa é a Cristal Valentina! Ela foi resgatada da rua em 2016 e foi, na verdade, uma das primeiras inspirações para começar a compartilhar dicas de viagem! Super companheira, alegre, aventureira, corajosa e expressiva, ela é o patas desse blog! Com muita dor nos nossos coraçõeszinho tivemos que nos despedir da Cristal em jan/2019, mas nunca deixaremos de ser Pés e Patas, porque todas as vezes que você nos vê tendo coragem de embarcar em novas aventuras ou sendo feliz com pequenas coisas, vai estar vendo ela em nós! Foi ensinando a ela sobre amar que aprendemos sobre o amor! Aprendemos sobre alegria, persistência e sobre fazer amigos! Aprendemos que é seguro ser nós mesmos e que, mesmo que isso possa ser incomodativo as vezes, ainda seremos amados! Aprendemos sobre coragem, porque ela é pura demonstração de coragem e humildade! Aprendemos o valor da autenticidade, a importância de brincar com coisas simples e a felicidade que existe na liberdade! Crescemos juntos! Ela e nós! Seguiremos juntos ligados pelo amor!

Essa é a Vanilla, a patinha estabanada da família, de pernas longas e rabão alegre. A Vanilla foi resgatada da rua em junho de 2019 e com seu jeitinho de bebezona eterna conquistou nosso amor e foi curando nossa carência. Ela ama grama, trilha e brinquedos. Aos pouquinhos tem perdido o medo de água e até já arriscou um mergulho para pegar uma pedrinha no rio. Vanilla fez a gente entender que o amor se multiplica, que brincar é uma delícia, mas que dormir também é 🙂 Ela já percorreu mais de três mil km com a gente e, sem dúvida ainda teremos muito mais aventura pela frente!